A

Apresentação

"O xamã, não se autoproclama. Ele é chamado para suas tarefas espirituais, passa por treinamentos, então é reconhecido pelas pessoas de sua comunidade."

3 de dezembro de 2011

Animais de Poder (Totem)


Só recentemente os Seres Humanos deixaram de viver com a Terra. Antigamente, todas as manifestações da Natureza estava presentes, tanto no espaço profano como no espaço sagrado. Os Animais faziam parte das várias realidades dos Homens, como companheiros, sustento e símbolo - uma riqueza que vai desaparecendo graças à amnésia que nos imprime o modo de vida moderno. Porém, os Animais continuam a povoar o nosso imaginário como Arquétipos que podem ser invocados para cura e conhecimento. Uma herança preciosa...




As várias tradições evocam o espírito dos animais, bem como as suas forças e virtudes, tanto através de rituais como através de numerosos talismãs em forma de animal, tatuagens, esculturas e representações gráficas. Cada animal associado a uma determinada cultura é portador de sabedoria, podendo ser adoptado como Animal de Poder,
Guardião e Mestre espiritual.

No xamanismo tradicional, os Animais de Poder estão associados a determinadas características e são usados como mediadores, durante a viagem xamânica, para o diagnóstico e tratamento de doenças físicas e espirituais. A viagem xamânica é um transe induzido, em que o xamã, mantendo-se "entre os mundos", conserva a lucidez enquanto se deixa levar pela corrente do Inconsciente até ao mundo dos espíritos, buscando aí a iluminação ou a solução para os males que afligem um paciente.

Existem diversos rituais, geralmente acompanhados pela batida ritmada do tambor ou outro instrumento de percussão, em que se estabelece o contacto com o Animal de Poder, por exemplo, a Dança do Animal, em que o xamã o invoca e incorpora, adoptando a sua postura e gestos, até se fundir com a sua natureza.

Segue-se uma lista de animais e dos seus atributos enquanto Animais de Poder:

Abelha - A Abelha é bem conhecida como símbolo da comunicação, do trabalho árduo e da organização. Também transporta o espírito da harmonia e da disciplina. A Abelha produz o mel, néctar da vida que, sendo fruto da dedicação, é o mais doce de todos.

Águia - A Águia é livre, poderosa e eleva-se sobre todas as coisas terrenas. Representa a iluminação, a visão interior, a coragem e a elevação do espírito. É um animal usado com frequência por todas as tradições.

Alce - O Alce é um animal grande e possante. A sua figura é de estabilidade, especialmente ligada à Terra e representa os dons da resistência, da auto-confiança e da responsabilidade. Também é um bom animal para questões de competição e para invocar o espírito da abundância.

Antílope - O Antílope inspira à cautela, ao silêncio e à capacidade de passar rapidamente da calma à acção. Como Animal de Poder inspira à consciência mística através da meditação. Por vezes, surge como aviso para uma situação de perigo, especialmente se toma uma atitude de fuga.

Aranha - A Aranha detém a virtude do labor e da criatividade. É a Senhora da Teia da Vida, da Magia e dos sonhos que, com delicadeza e força se manifestarão no mundo. Tem especial afinidade com trabalhos de cura.

Baleia - A Baleia é um animal de vida longa, de grande inteligência e cuja voz é entendida como a a voz da Mãe Terra. As suas vocalizações equilibram o corpo emocional, transportam-nos às origens e harmonizam-nos com a natureza. A Baleia é invocada por todas as culturas litorais que a conheceram. Hoje em dia, com a globalização da informação e dos símbolos, ela é invocada por todos aqueles que procuram forma de percorrer grandes distâncias através do Mar do Inconsciente.

Beija-flor - Os Beija-flores são pássaros pequeninos e vistosos que fazem parte de vários géneros, entre os quais, o Colibri. Nas suas regiões de origem (América Central e do Sul) os Beija-flores são tidos como mensageiros de cura. Despertam o amor, a leveza, a graça e a boa sorte.

Borboleta - As borboletas são seres de beleza rara e vida efémera. Atravessam vários estágios morfológicos ao longo do seu desenvolvimento, pelo que transportam o espírito da metamorfose. Como levíssimas criaturas do Ar, representam clareza mental, liberdade e desprendimento. São excelentes Animais de Poder quando se trata de enfrentar novas etapas da vida.

Búfalo - O Búfalo é um Animal de Poder que nos chega, sobretudo, da cultura norte-americana. Representa a sabedoria ancestral, a esperança, a espiritualidade, a paz e a abundância. O Búfalo também inspira a tolerância e a paciência.

Cabra - A Cabra, bode, cabrito ou capricórnio é um dos mais antigos símbolos animais. Representam a determinação para escalar terrenos difíceis, a capacidade de sobrevivência, bem como o espírito brincalhão e a abundância nutritiva. A figura da Cabra faz parte de uma das mais interessantes representações do Homem Cósmico - o Baphomet. Como Animal de Poder ajuda-nos a ganhar resistência e a atingir os nossos objectivos.

Camelo - O Camelo e o Dromedário são animais fortes e determinados. Detém as virtudes da auto-conservação, da resistência, da tolerância e da força para transpôr grandes distâncias por territórios agrestes.

Canguru - O Canguru chega-nos da Austrália e simboliza, sobretudo, a maternidade. É também um animal de grande força e coragem que não se escusa a lutar se for obrigado a isso.

Cão - O Cão foi o primeiro animal que se tornou companheiro doméstico dos Seres Humanos. A sua natureza é leal e detém a capacidade para amar incondicionalmente. Transporta o espírito da fidelidade e do préstimo. A sua vida está, desde há muito, interligada com a nossa, pelo que o Cão pode surgir em formas muito diversas, com atribuições simbólicas também muito distintas.

Caranguejo - O Caranguejo é um ser de casca dura e miolo mole. Como animal da Água, relaciona-se com o plano emocional e com a família. No seu aspecto negativo, pode surgir para indicar uma sobrevalorização de pormenores insignificantes ou a perda da lucidez perante os sentimentos. Como Animal de Poder pode ser invocado para protecção da família e dos lar.

Castor - O Castor é o Construtor dos Rios, ajuda-nos a abrir novos canais de pensamentos e a trasnformar o nosso mundo de acordo com as nossas necessidades. Transporta o dom da construção, da segurança, do conforto e da persistência.

Cavalo - O Cavalo também é um animal de grande nobreza, que detém uma força simbólica muito grande em várias culturas. Na generalidade representa o poder interior, a liberdade, a força e a beleza.

Cavalo Alado - Este animal mitológico surge em várias culturas, por exemplo, como Pégaso na tradição grega. Detém todos os atributos do Cavalo e ainda transporta os dons da elevação e da transmutação. É um excelente Animal de Poder a invocar para viagens astrais, abertura da visão e profecia.

Centauro - O Centauro é Chíron da mitologia grega, que nos ensina, antes de mais, os caminhos da cura. Representa também o instinto animal que devemos aprender a manipular, bem como a ligação com os animais, o caos construtivo, a sexualidade e a fertilidade.

Cisne - O Cisne é uma ave graciosa e fiel que se associa com os ritmos do universo. Como Animal de Poder, inspira os poderes intuitivos e a profecia. Também é um símbolo para a transformação - quem não conhece a história do Patinho Feio?

Coiote - O Coiote chega-nos da América do Norte e representa a criança interior, a adaptabilidade, a confiança e o humor. Também é o pequeno trafulha que transporta o espírito da malícia e da mentira. Na Europa, onde não existem coiotes, este Animal de Poder é representado pela Raposa.

Coelho - O Coelho detém o dom da fertilidade, da abundância e da prosperidade, sendo bem conhecido como símbolo das celebrações da Primavera, Ostara e Páscoa. O Coelho também transporta o espírito do medo, da auto-preservação e da tolice, podendo surgir quando é necessário aplicar a agilidade para evitar prejuízos.

Condor - O Condor é o equivalente da Águia na América do Sul. No Peru é chamdo o Filho do Sol e representa o Mundo Superior.

Coruja - A Coruja é um espírito da noite, como os seus maravilhosos olhos que tudo vêem, até na mais densa escuridão. Transporta os dons da visão oculta, da vigília, das sombras e da sabedoria antiga. Tal como também o Mocho, a Coruja está associada à rectidão e à justiça, pelo que pode ser chamada para ajudar em questões legais.

Corvo - O Corvo é outro Guardião da Noite. Está associado ao mistério e à profecia. Segundo algumas tradições, é o mensageiro e elo de ligação entre o mundo dos vivos e o mundo dos mortos. Representa a dualidade, sendo um excelente Animal de Poder para cura e sabedoria.

Cobra - A Cobra é também um dos mais antigos animais simbólicos, surgindo em representações antiquíssimas. Traz consigo os dons da transmutação, da cura, da regeneração, da sabedoria e da sensualidade. É bem conhecido na forma de Oroboros, o Infinito - a Serpente que morde a própria cauda. É um Animal de Poder extremamente poderoso que faz parte do imaginário de diversas culturas.

Crocodilo - Os crocodilos, jacarés e aligátores são, para as populações que com eles convivem, um símbolo primordial da vida. O Crocodilo transporta o Caos e o Abismo de onde brota a Criação. Como Animal de Poder, permite-nos aceder ao inconsciente profundo. Também estimula o instinto de sobrevivência, bem como a capacidade de observação "na linha d'água".

Doninha - A Doninha é um animal ágil e esperto, de beleza lânguida e sedosa. Transmite os poderes ocultos, a capacidade de esconder segredos e a acuidade da observação.

Dragão - O Dragão representa a força vital e os princípios primordiais que regem todas as coisas. É a representação animal dos Quatro Elementos e, por excelência, o Portador da Sabedoria. O Dragão detém a força para se mover por todos os mundos, é uma força viril, fecundante e extremamente poderosa. Como Animal de Poder é invocado para cura, para conhecimento do que está escondido e sobretudo, para confronto com os próprios demónios da psique e evolução espiritual.

Elefante - O Elefante é um animal maravilhoso, régio e de uma dignidade incomparável. É o símbolo da longevidade e da inteligência. Como Animal de Poder transmite-nos a memória ancestral, cultiva a temperança e liga-nos aos Antepassados.

Elefante Branco - O Elefante Branco é um animal raro, quase mitológico, que surge por mutação. Os Elefantes Brancos eram estimados pelas culturas do Sudeste Asiático e mantidos pelas casas reais da Burma, da Tailândia, do Laos e do Cambodja. Eram considerados portadores de paz e prosperidade para o reino e o monarca que os possuísse era tido como poderoso e justo. A tradição que associa o Elefante Branco à pureza remonta ao início do Budismo, com o mito que conta como a mãe do Buda recebeu a notícia do seu nascimento através de um sonho em que um Elefante Branco lhe oferecia uma Flor de Lótus. Como Animal de Poder transmite força, bondade, pureza e sabedoria. Também é um bom conselheiro quando se trata de escolher caminhos, buscar a iluminação e penetrar os mistérios.

Esquilo - O pequeno Esquilo é o espirito da alegria que invoca o divertimento e a despreocupação. Também é persistente e laborioso, capaz de nos ensinar a fazer planos para o futuros, a reunir os meios e a observar o óbvio. Por vezes, surge para nos fazer reconhecer uma boa oportunidade.

Esturjão - O Esturjão é um peixe antigo e estranho que habita tanto as águas salgadas como as águas doces. É um migrador que percorre grandes áreas pelo Mar do Norte, ao longo da costa Atlântica da Europa e do Mediterrâneo, no Mar Negro e no Mar Azov, bem como no Báltico e em alguns grandes lagos. Encontra-se actualmente ameaçado de extinção. Como Animal de Poder, o Esturjão detém as virtudes da determinação, da consistência e da profundidade. É um animal poderoso que nos pode levar ao mais profundo Mar do Inconsciente.

Falcão - O Falcão tem os atributos da precisão, da visão de longo alcance e do vôo rápido. Como Animal de Poder é um mensageiro que nos ajuda a ver melhor as coisas que nos passam despercebidas e a agarrar as oportunidades.

Fénix - A Fénix é mais um animal mitológico que surge em várias culturas. É o símbolo do eterno renascimento, da imortalidade da alma, da elevação e da purificação através do Fogo. Como animal solar, pode ser invocado para todos os trabalhos de cura, sendo também o melhor dos mestres para nos ensinar a renascer das cinzas, a despir a pele e a recomeçar do nada.

Formiga - A laboriosa Formiga é o espírito de equipa. Transmite a noção da comunidade perfeita, da paciência, do trabalho árduo, bem como da força, da resistência e da agressividade. Como Animal de Poder ajuda-nos a saber colher o frutos do nosso trabalho e a cooperar com os nossos semelhantes para o bem comum.

Gaivota - A Gaivota é símbolo de liberdade, ligada ao Mar e ao Céu. Ensina-nos a voar através da vida com calma e esforço, contra todos os ventos e tempestades, até alcançarmos os nossos objectivos.

Gambá - O Gambá é um marsupial noctívago, originário das Américas. O seu espírito é altivo e detém fortes impulsos protectores. Como Animal de Poder ensina-nos a sobreviver pelos próprios meios e a repelir quem não nos respeita.

Galo - O altivo Galo é o Arauto do Sol. A sua simbologia está ligada à fertilidade e à vigilância, pelo que é frequentemente colocado sobre cata-ventos e campanários. Como Animal de Poder, transmite alegria e prosperidade.

Gato - O Gato, a par com o Cão, é o mais antigo companheiro dos Seres Humanos. Desde tempos imemoriais é tido como Senhor dos Mistérios, detentor dos dons da Magia e dos poderes lunares. O Gato é um poderoso guardião astral, protector da família e mestre da sensualidade. Como Animal de Poder, oferece-nos visões místicas, desperta a intuição e mostra-nos como não perder a individualidade e a independância perante a vida familiar ou comunitária.

Girafa - A Girafa é uma figura majestosa e irradiante. Desperta a calma, a suavidade e a doçura. Como Animal de Poder pode ajudar-nos a atingir grandes alturas com a devida estabilidade em cada passo.

Golfinho - O Golfinho é um ser iluminado de extrema pureza. Como Animal de Poder é portador da paz e da harmonia, ensina os dons da comunicação, da alegria e do altruísmo.

Gorila - O Gorila é um Guardião da Terra. Transporta a sabedoria, inteligência e a solidez. É um excelente Animal de Poder, capaz de transmitir força e capacidade para defender o que é nosso por direito. O seu espírito é muito protector, pelo que pode ser invocado para defesa.

Guaxinim - O Guaxinim é um pequeno e inteligente animal que irradia bom humor. É também portador da tenacidade e capacidade de sobrevivência, bem como da minúcia e do asseio. Como Animal de Poder inspira-nos ao empenho e ao cuidado com a limpeza, tanto física como espiritual.

Hipopótamo - O Hipopótamo é uma animal terrestre que vive na água. Graças a este aspecto, ele ajuda a desenvolver a psique, a intuição e todas as virtudes que ocorrem desta ligação Terra-Água. O seu temperamento é determinado, territorial e, por vezes, hostil, pelo que é um bom Animal de Poder a invocar quando se pretende coragem e força.

Jaguar - O Jaguar é parente próximo do Leopardo e da Pantera, sendo, no entanto, nativo americano e maior do que estes. Tal como eles, é um solitário que aprecia uma vida partilhada entre o chão e as copas da floresta. Aprecia também a água, passado o seu tempo de lazer refrescando-se e nadando. A sua ligação com a água faz dele um mensageiro entre o consciente e o inconsciente. Ensina a estabelecer uma interacção produtiva da mente e da alma, ao mesmo tempo que é um protector do espaço, um excelente observador e um forte guardião.

Javali - O Javali é um animal inteligente e altivo que detém uma excelente capacidade de comunicação entre os pares. É extremamente vigoroso e territorial, podendo ser invocado para protecção da família e dos bens, para melhoria das capacidade de expressão e para vigor físico.

Lagarto - O Lagarto simboliza a adaptabilidade, a regeneração e a transformação. Como animal de Poder, estimula os sonhos e ajuda nas renovações.

Leão - O Leão é o símbolo régio, por excelência, é o Ouro Alquímico. É um animal solar que transmite poder e força. Transporta consigo as virtudes da prosperidade, da coragem, da saúde e do vigor físico. Como Animal de Poder é próprio para liderança, segurança, auto-confiança e nobreza de espírito.

Leopardo - O Leopardo é um solitário que vive, ora na mata, ora nas copas das árvores. É extremamente vigoroso e forte, podendo arrastar uma presa com mais peso do que o seu até ao cimo de uma árvore. O Leopardo mostra-nos as nossas capacidades ocultas - aquelas que temos mas que desconhecemos. Ensina-nos o caminho até ao conhecimento do subconsciente, a compreender os aspectos sombrios que se escondem na nossa mente ou na mente do paciente. Como Animal de Poder, concede ainda a virtude da rapidez, indicando quando devemos agir sem vacilar.

Lince - O Lince é um belo felino com uma profunda ligação à Terra, Como Animal de Poder revela-nos os segredos e conhecimentos ancestrais. Mostra-nos a ouvir no silêncio, a aprender com as tradições e a crescer enriquecidos pelo passado.

Libélula - A Libélula tem uma figura de fada, delicada e colorida. Indica ventos da mudança e permite a comunicação com o mundo elemental. Por vezes surge para indicar ilusão e para alertar para a possibilidade de termos de atacar alguém ou alguma coisa que nos cerca sem sabermos.

Lobo - O Lobo é um dos animais mais populares como Animal de Poder. Todas as culturas o respeitam e valorizam os seus ensinamentos. O Lobo é generoso, extremamente dedicado à família, fiel e paciente. É também poderoso, valente e detentor de uma enorme capacidade para amar.

Macaco - O Macaco é inteligente e bem-humorado. Como Animal de Poder, transmite-nos a sua alegria, a agilidade, a destreza e a irreverência. É também um símbolo de amizade.

Minhoca - A Minhoca é um pequeno ser que vive dentro da Terra, escondido dos olhares humanos mas contribuindo incansavelmente para a riqueza e fertilidade do solo. É o símbolo da regeneração, da resistência, da auto-cura e transformação. Como Animal de Poder ensina-nos a alcançar grandes feitos com humildade e dedicação.

Morcego - O Morcego é símbolo do renascimento, da morte iniciática e da transformação do Ser. Como criatura nocturna, capaz de ver sem utilizar os olhos (utiliza o sonar) é portador da visão oculta, da intuição e dos poderes lunares. Representa a reencarnação e, por vezes, a timidez de quem o encontra. É um excelente aliado na Magia.

Ouriço - O Ouriço é um pequeno mamífero noctívago que personifica a docilidade, apesar dos espinhos que o cobrem. Representa a inocência, a delicadeza e o préstimo. É um maravilhoso Animal de Poder, bem como um óptimo companheiro e vizinho para quem tiver a sorte de partilhar um quintal com ele. O Ouriço ensina-nos a dedicação, a humildade e a não-agressão.

Pantera - A Pantera é um Leopardo negro e detém muitos dos seus atributos. Tal como este, é forte e flexível, podendo ensinar a ultrapassar os próprios limites. Além disso é ainda a Dona dos Mistérios, portadora de sensualidade, beleza e poder de sedução. É um Animal de Poder excepcional, frequentemente adoptado como Animal de Poder Pessoal pelos praticantes de xamanismo moderno.

Papagaio - O Paoagaio é uma ave vistosa e expansiva. Tem o dom da palavra, bem como da inteligência podendo ser um excelente auxiliar quando existem problemas de comunicação, expressão e verbalização. Pode ser invocado para trabalhos de cura, especialmente se os baixos níveis energéticos do paciente forem devidos a falta de afirmação pessoal ou auto-estima deficiente.

Pato - O Pato-bravo é uma ave migradora que representa o desprendimento e a mudança. Por outro lado, o Pato doméstico representa o sustento para muitas populações. Como Animais de Poder, tanto um como outro representam a fertilidade, a maternidade e a nutrição.

Peru - O Peru é uma ave originária do continente americano. Cedo se tornou um animal doméstico, do qual os nativos retiravam o seu sustento. É símbolo de celebração e de abundância, tanto que hoje em dia continua a ser servido como alimento ritual pelo Natal e pela Festa de Acção de Graças. Como Animal de Poder ensina-nos o espírito da oferenda, a dar e a receber.

Porco-espinho - O Porco-espinho é um grande roedor, frequentemente confundido com o Ouriço. Existe tanto no Velho como no Novo Mundo e detém as virtudes da dedicação à família, da fé e da confiança. Como Animal de Poder, inspirar-nos à realização de objectivos. É também frequente surgir quando precisamos de aprender a defender-nos.

Puma - O Puma, também chamado Leão-da-montanha, é um grande felino das Américas. Representa a força, a coragem e o instinto de sobrevivência. Tal como o Jaguar e o Leopardo, é um solitário ligado ao mistério e ao silêncio. Como Animal de Poder transmite-nos velocidade e a graça, o espírito de liderança e a força.

Pica-Pau - O Pica-Pau é uma ave tradicionalmente relacionada com os Espíritos do Trovão. Tem algumas semelhanças com o Galo, por ser o Vigia da Floresta. O seu espírito é protector e detém os dons da regeneração, da limpeza e da comunicação.

Pinguim - O Pinguim cria laços familiares fortes, vive em comunidade e é extremamente fiel. Como Animal de Poder transmite os dons da Água com a estabilidade da Terra.

Pirilampo - O pequeno Pirilampo representa a iluminação e a força da vida. É uma Luz na escuridão, evoca o maravilhoso e promove o entendimento,

Pombo - O Pombo é um Mensageiro. No cristianismo simboliza o Espírito Santo e em muitas outras tradições está associado à comunicação, à paz e ao mundo espiritual. Como Animal de Poder, surge frequentemente para avisar o xamã ou o paciente de que existem mensagens que devem ser compreendidas.

Raposa - A Raposa é bem conhecida como figura da esperteza e da astúcia. É um animal belíssimo e hábil, detentor dos dons da camuflagem, da observação e da flexibilidade. Por vezes, transparece a sua faceta dócil, maternal e brincalhona mas, tal como o Coiote, pode também ser patrono da vigarice e da manipulação. Como Animal de Poder ajuda todos aqueles que sofrem por causa da sua ingenuidade.

Rato - O Rato é um pequeno animal extremamente versátil, individualista e despachado. Desperta-nos as virtudes da percepção e da flexibilidade. Também transmite satisfação e aceitação, ensinando-nos a fazer muito com o pouco que temos.

Salmão - O Salmão é um peixe heróico que não vacila em dar a própria vida para que a espécie possa ter continuidade. É um símbolo de força, coragem e perseverança. Como animal de Poder mostra-nos quando devemos lutar e nadar contra a maré. Suporta-nos na nossa determinação e ensina-nos o espírito de sacrifício.

Sapo - O Sapo é um animal associado aos Mistérios, sendo especialmente ligado à chuva. Representa a transformação e a evolução. Como Animal de Poder pode surgir para avisar sobre uma doença, indicando qual a fonte do desequilíbrio.

Sátiro - O Sátiro é uma figura mitológica, frequentemente relacionado com Pã, divindade primordial. Representa a libertinagem e o instinto sexual. Pode ser invocado para fertilidade, para comunicação com os seres da natureza e também para dar livre expressão aos impulsos da carne, celebrando a vida e a liberdade.

Tartaruga - A Tartaruga é um animal antigo, de vida longa e especialmente ligado à Mãe Terra. Transporta consigo os dons da estabilidade, da paciência, da resistência e da sabedoria. Como Animal de Poder é muito protector e promove a longevidade. Mostra-nos que há certo conhecimento que só se adquire com anos de experiência. Por vezes, a Tartaruga surge para nos dizer que devemos pedir conselho aos mais velhos ou para nos mostrar que devemos ter calma, temperança e que tudo leva o seu tempo até dar frutos.

Tatu - Existem várias espécies de Tatus, todos orginários do continente americano. São pequenas criaturas couraçadas que levam uma vida pacata de insectívoros. Como Animal de Poder, o Tatu é protector, pode ser invocado para trabalhos de cura e para nos ensinar a definir os limites emocionais.

Texugo - O Texugo é um animal corajoso, forte e bastante agressivo se for ameaçado. Apesar de ser relativamente pequeno, tem tenacidade para repelir animais maiores como lobos, coiotes, raposas e até ursos. É símbolo da persistência e mostra-nos como agir em caso de crise. O Texugo como Animal de Poder é indicado para protecção e para despertar a valentia.

Tigre - O Tigre tem o dom da aproximação lenta e calculada. É mestre em aproveitar as oportunidades e, quando o faz, é com toda a força e determinação. Como Animal de Poder, mostra-nos quando uma situação necessita de observação cuidadosa e de preparação antes do ataque.

Touro - O Touro é um dos mais antigos animais simbólicos, fazendo parte do imaginário de muitas culturas. Representa a fertilidade, o poder e a liderança. É também um animal com profunda ligação à Terra, indicado para protecção, materialização e estabilidade. Além de todos estes atributos, o Touro ainda nos inspira a generosidade, a hospitalidade e a paciência.

Unicórnio - Este animal mitológico é um dos mais elevados símbolos de pureza e espiritualidade. Detém alguns dos atributos do Cavalo e do Cavalo Alado mas também os dons da mansidão, da salvação e da inocência.

Urso - O Urso é uma figura imponente e forte. É o Senhor da Montanha e da Floresta, não havendo nenhum outro animal que lhe faça frente, salvo talvez o valente Texugo. Como Animal de Poder detém os mesmos atributos deste e ainda os dons da introspecção, da intuição, da cura, bem como da sabedoria ligada aos Ancestrais e à Terra. O Urso é um excelete guia para o despertar da consciência, para o estímulo da curiosidade e para o bom aproveitamento dos ensinamentos.

Veado - O Veado é um animal elegante, cheio de delicadeza e graça, tendo sido adoptado como Animal de Poder por muitos clãs e praticantes de xamanismo. É um símbolo de espiritualidade, de gentileza, de nobreza e de adaptabilidade.