A

Apresentação

"O xamã, não se autoproclama. Ele é chamado para suas tarefas espirituais, passa por treinamentos, então é reconhecido pelas pessoas de sua comunidade."
Clique no Play e curta

Clique no Play e curta

27 de abril de 2012

SAGRADO BUFALO BRANCO

SAGRADO BUFALO BRANCO

O Búfalo, ou bisão, é considerado por muitas tribos com sendo um símbolo de abundancia pois era a carne do búfalo que alimentava o povo, o couro que fornecia vestuário e abrigo, os ossos e tendões que forneciam ferramentas de sobrevivência.


Na lenda do cachimbo sagrado, o Búfalo Branco deu o Cachimbo Sagrado aos Sioux como um vigilante da Nação Vermelha. Este cachimbo guardava o poder do Grande Espírito. Ele trazia às pessoas a mensagem de paz e dizia que eles teriam uma boa caçada e se transformariam em uma grande nação.


A aparição de um búfalo branco é um sinal que os rezadores tem ouvido,
e sinais de um tempo de muita abundancia.


"Medicina do Búfalo" significa trazer uma honra especial ou agradecimento por todas as coisas que a Terra fornece a seus filhos. Usar a medicina do búfalo é fumar o cachimbo de uma forma sagrada, e louvar a riqueza da vida a ser compartilhada com todos.


Se o nome de uma criança incluía a palavra "búfalo" nele, os índios acreditavam que a criança seria especialmente forte e iria amadurecer rapidamente.


Se um guerreiro recebesse outro nome após uma visão ou uma grande caçada ou feito de guerra, e seu novo nome incluísse a palavra "búfalo", isso significava que o búfalo era o seu guia espiritual, ou que ele demonstrava a força de um búfalo, ou que ele era um caçador extraordinário. Em outras palavras, o nome descrevia os poderes de um homem.


Sociedades que recebiam o nome de búfalo tinham o animal como seu protetor.


Homens santos que viam o búfalo em suas visões durante as quais eles eram convocados a praticar a medicina, buscariam, a partir disso, comungar com o Grande Espírito através do búfalo.