A

Apresentação

"O xamã, não se autoproclama. Ele é chamado para suas tarefas espirituais, passa por treinamentos, então é reconhecido pelas pessoas de sua comunidade."

28 de maio de 2015

Animal de poder Coruja - SABEDORIA


Fisico : Reconhecer os limites do corpo. Relacionar melhor o clima com o trabalho. Reconhecer o que é bom para a gente. Agir no que se tem conhecimento.

Mental : Habilidade de discernimento. Experiência, equilibra a experiência com o entendimento. Obter discernimento, entendimento e saber aplicar.

Emocional : Quando se deseja ser mais espontâneo.

Espíritual : Para trabalhar em nível filosófico.


O totem animal do Caminho da Sabedoria é a Coruja.

São aves noturnas e voam silenciosamente, o que lhes dá uma forte vantagem quando caçam sua presa. Sua audição é impecável. Para muitos, elas caçam através do som e não do olhar .

26 de maio de 2015

ANIMAL DE PODER E AS 4 DIREÇÕES SAGRADAS DO XAMANISMO


Existem quatro animais de acordo com meu aprendizado juntos aos xamãs de várias etnias, que podem ser seu animal de poder e que também estão co-relacionados com as Quatro Direções Sagradas do Xamanismo. Essa co-relação não é ao acaso, tem um significado específico para isso. São eles:


BÚFALO – DIREÇÃO DO NORTE – ESPÍRITO DO AR


Os xamãs e índios norte-americanos chamam-no de Totanka. Considerado como guardião dos segredos, sabedoria ancestral, tolerante, procura a paz e defende sua prole.

Muitos animais são sagrados, mas para a maioria das tribos indígenas norte americanas, o búfalo é o mais sagrado entre eles. Sempre foi reverenciado como símbolo da abundância plena, o que nos lembra das preces de agradecimento ao Pai Céu (Grande Mistério) por tudo o que temos nesta vida.

Xamanismo Crístico


30/MAIO, SÁBADO XAMANISMO CRÍSTICO E O ESTADO DE TRANSE 15h às 17h com Clêudio Bueno

Entrada 1 quilo de alimento.

Av. Braz Leme, 1373 - Casa Verde Baixa, São Paulo - SP, 02511-000 - (11) 2236-0244

Animal de Poder - LOBO


Hoje estou aqui para compartilhar com você a medicina de um grande Animal de Poder, guardião da direção do Sul, o LOBO.

É a medicina do ensinamento, do amor e dos relacionamento saudáveis. Para os nativos é o mais fiel dos guias animais. É também o símbolo de professor da tribo. O lobo é um explorador de rotas, precursor de novas ideias que volta para tribo para ensinar e compartilhar a medicina. O senso do lobo é muito aguçado e a Lua é sua aliada de força. A medicina do lobo permite o professor dentro de nós todos surgir e ajudar os filhos da Terra a compreender o Grande Mistério da vida.

Vocabulário Yanomami


Amotha-Naki = dente de paca

Amotha-Mamo = pó mágico de paca

Akawe = segundo marido de Helena Valero, do grupo yanomami venezuelano Pumabiwetheri

Anhakorami = japim

Ara = arara

Ara-mamo = pó mágico extraído de uma ciperácea

Arariwe = espírito de arara

Aroari = pó mágico encantador

O espírito das plantas de poder


O poder de uma planta psicotrópica, terapêutica ou simplesmente mágico-defensiva ou ofensiva é resultado da interação destes fatores:

1. o poder próprio da espécie vegetal
2. o poder do lugar onde ela cresce
3. o período de coleta da planta
4. a observação dos ritos e tabus tradicionais que regulamentam a coleta da espécie e seu uso
5. o poder dos cantos e fórmulas (citações) que servem para "despertar" o poder da planta