A

Apresentação

"O xamã, não se autoproclama. Ele é chamado para suas tarefas espirituais, passa por treinamentos, então é reconhecido pelas pessoas de sua comunidade."
Clique no Play e curta

Clique no Play e curta

28 de agosto de 2015

Ensinamentos do Búfalo Branco com chefe Arvol Looking Horse


Hau Kola.

Eu, Chefe Arvol Looking Horse, saúdo-vos em nome do Pte Oyate - o Povo do Búfalo, as primeiras pessoas, o povo originário. Viemos da terra do "Coração de tudo que é" - a sagrada Paha Sapa - conhecido mais como Black Hills de Dakota do Sul.


Nós somos os sentinelas. Nós somos testemunhas. Vemos o que se passou antes. Vemos o que acontece agora, neste momento perigoso na história da humanidade. Vemos o que vai acontecer - o que certamente acontecerá - a menos que nós estejamos juntos: nós, os povos de todas as nações - para restaurar a paz e harmonia e equilíbrio para a terra, nossa mãe.

Este novo milênio dará início a uma era de harmonia - ou trará o fim da vida como a conhecemos.

Fome, guerra e resíduos tóxicos tem sido a marca do grande mito do progresso e desenvolvimento que governou o último milênio. Para nós, como cuidadores do coração da mãe terra, recai a responsabilidade de volta os poderes de destruição.

Nós viemos para um tempo e um lugar de grande urgência. O destino das gerações futuras está nas nossas mãos.

Quando eu tinha 12 anos, palavras de nossas antigas profecias me foram ensinadas pelos nossos anciãos espirituais da época. As profecias dizem respeito a mudanças drásticas que viriam para toda a vida sobre a mãe terra. Estas mudanças estão aqui conosco hoje!

Nossas profecias dizem-nos que estamos na encruzilhada. Enfrentamos o caos, desastre e intermináveis lágrimas dos olhos de nossos parentes - ou podemos unir-nos espiritualmente em paz e harmonia. Está na hora de levar a mensagem da necessidade urgente de paz, de criar uma mudança de energia em todo o mundo.

Como guardião da sagrada C'anupa (Chanupa - Cachimbo Sagrado), peço suas orações pela cura global. Nossa mãe terra está sofrendo. Seus dons maravilhosos — a água, as árvores, o ar — estão sendo abusados. Seus filhos — os duas-pernas, os quatro-patas, aqueles que nadam, rastejam e voam — estão sendo aniquilados. Vemos tais atrocidades ocorrem em todos os lugares.

Dezenove gerações atrás o belo espírito que agora nos referimos como Pte-san Win-yan (Mulher Novilho de Búfalo Branco) trouxe a C'anupa Sagrada (Chanupa, Pipa ou Cachimbo Sagrado) para o nosso povo. Ela ensinou ao povo os sete ritos sagrados e como andar sobre a mãe terra de uma forma sagrada. Ela disse, "Só o bom poderá ver a Chanupa... o mau não poderá vê-lo nem tocá-lo."

Ela chegou entre nós, desta forma —

Naquela época, não muito tempo depois do dilúvio, as pessoas ainda seguiram o búfalo, mas esqueceram-se do criador e os ensinamentos do búfalo. Eles estavam tentando controlar um ao outro, ser mais do que quem eles eram. O búfalo desapareceu e as pessoas estavam morrendo de fome e chorando. Eles cresceram muito fracos até mesmo para levantar acampamento, e então eles mandaram batedores para procurar búfalo ou outro alimento. Mas sempre eles voltavam de mãos vazias.

Então um dia eles mandaram dois batedores, que não viram nem um coelho sequer o dia todo. Desanimados, começaram a voltar para o acampamento fracassados em sua caçada, viajando através das colinas ondulantes e bosques, a nordeste das colinas negras sagradas, logo acima do rio onde eu vivo hoje...

Nós devemos compreender, em cada um dos nossos corações e mentes, as duas formas que os seres humanos são livres para seguir, como nós escolhemos: o bom caminho, o caminho espiritual - ou a forma não-natural, a forma material. É nossa escolha pessoal, nossa decisão pessoal - cada um de nós e de todos nós.

Você, você mesmo, é quem deve decidir. Só você pode escolher. O que você decidir é o que você vai ser - bom ou ruim. Você não pode escapar as conseqüências de sua decisão. Da sua decisão — Sim, da sua própria decisão pessoal — depende o destino do mundo.

Você não pode evitá-lo. Você deve decidir. Você pessoalmente - cada um de nós pessoalmente - é colocado aqui neste tempo e neste lugar para decidir o futuro da humanidade.

Você pensou que você foi posto aqui por algo menos?

Você achou que o criador criaria pessoas desnecessárias em um tempo de tão terrível perigo?

Sei que você é essencial para este mundo. Acredito nisso. Entenda isso. Você mesmo é desesperadamente necessário.

Esta é a mensagem que trago para você, como estamos nesta encruzilhada da história — eu, chefe Arvol Looking Horse, também conhecido como Homem Cavalo (Horse Man), guardião da sagrada C'anupa (pipa) trazida à nação Lakota-Dakota-Nakota pela Sagrada Mulher Novilho de Búfalo Branco, dezenove gerações atrás.

Hau kola. Estou honrado em cumprimentá-lo. Eu honro a sua sacralidade, sua humanidade. Peço-lhe que honre a minha. É bom que nos encontramos. Sim, bom. Wasté! MITAKUYE Oyasin.

Quando dizemos Mitakuye Oyasin — "Todas as nossas relações" — muitas pessoas não entendem o significado dessas palavras. A frase Mitakuye Oyasin tem um significado maior do que apenas nossos parentes de sangue. Sim, é verdade; Nós somos todos uma raça humana. Mas a palavra Mitakuye significa relações e Oyasin significa mais do que a família, mais do que uma nação, mais do que toda a humanidade. Tudo o que tem um espírito.

Maka Unci, a terra, ela mesma, é a nossa relação e também o é o céu - Avô Céu - e assim é o búfalo... e então cada um dos duas-pernas, os quatro-pernas, aqueles que nadam, aqueles que voam, a nação de raiz, e os seres rastejantes que compartilham o mundo com a gente também o são. MITAKUYE OYASIN refere-se à interligação de todos os seres e todas as coisas. Estamos todos interligados. Somos todos um.

Não diga que nós adoramos a terra. Nós não adoramos ela. Podemos honrá-la. Mas a adoração a alguém, nós, os indígenas, nunca faremos isso. Nós nos humilhamos a energia sagrada de toda a vida sabendo que nós somos um só. Levantamo-nos e então conversamos com o criador, curvarmo-nos e tocamos a terra, para reconhecer e agradecer à nossa mãe.

Nos vemos como parte do universo, parte de tudo o que é visível e parte de tudo o que é invisível. Reconhecemos que não somos nem melhor - e nem pior - do que as gramíneas, as árvores, os pássaros, os insetos, os animais, as estrelas. Mas também entendemos que nós, seres humanos somos diferentes. Cada ser da criação tem um papel único e lugar e uma tarefa específica para executar. Nossas instruções originárias dizem-nos qual nosso papel, onde é nosso lugar, e o que é nossa tarefa como seres humanos.

Você sabe qual a sua tarefa? A menos que você saiba e a execute nesta vida, você caminhará pela boa estrada vermelha que o criador - Wakan Tanka - deu a cada um de nós. Mesmo aqueles que não sabem como orar ou meditar. Eles aprenderão a contribuir com sua energia. Todas as pessoas precisam aprender que dentro de cada um de nós, nós temos habilidades e dons. Sim, nossa energia de vida deve ser um presente para o nosso futuro. Sua vida, a minha vida, a vida deve seguir seu caminho fornecido. Então ore ou medite. Siga seu caminho interno e aprenderá como é poderoso e saiba que você é um líder para seu povo, sua família, seus filhos e a mãe terra.

O que acontece dentro de nós, acontece no mundo. Nós somos a mensagem do mundo. Como nós somos e fazemos, então, o mundo será.

Quando as pessoas de todas as cores rezarem junto com a C'anupa sagrada, ou com quaisquer outros dons sagrados dados pelo criador, mesmo com apenas a nossa energia natural espírito — sem raiva ou ressentimento ou prejuízo — coisas extremamente poderosas podem ocorrer. Quando fazemos isso com um bom coração e de uma forma sagrada podemos - e será - mudar o mundo!

Quando você começa a acreditar no caminho sagrado da vida, você começará a compreender a importância dos locais sagrados, sabendo que eles são uma conexão com a mãe terra. Você vai entender as tradições e a capacidade de ver as profecias que foram passadas para através das gerações de antepassados, que viviam em harmonia. Eles viram o que estava reservado para as sete gerações por vir (nós), eles rezaram para que re-encontremos a "chave" de harmonia na compreensão do espírito do círculo da vida. É então você que pode ajudar a trazer a saúde, prosperidade e equilíbrio de volta à terra mãe. Isso é sacrifício humano e crescimento espiritual. É assim. Acreditamos neste círculo da vida, como o povo do Búfalo, onde não há fim e nem começo. O processo de reconstruir o arco sagrado continua...

Sei que você mesmo é essencial para este mundo. Acredito nisso. Compreenda tanto a bênção e o peso disso. Você mesmo é desesperadamente necessário para salvar a alma deste mundo. Você pensou que você foi posto aqui por algo menos?...

Chefe Arvol Looking Horse
http://youtu.be/PHqVdZmpRgI