A

Apresentação

"O xamã, não se autoproclama. Ele é chamado para suas tarefas espirituais, passa por treinamentos, então é reconhecido pelas pessoas de sua comunidade."

14 de agosto de 2015

Tambores Xamânicos com Ninon Cramer

Ninon Cramer: Desde muito cedo fui incentivado a participar de rituais, especialmente em ordens filosóficas milenares.

Mais tarde, quando comecei a trabalhar o meu desenvolvimento pessoal,encontrei um grupo ligado a um xamã que havia vivido com povos nativos do Equador. Conheci e pratiquei sua visão de mundo até que, por circunstâncias da vida, estas pessoas seguiram por trilhas diferentes.

Como nunca deixei de estudar e me interessar por tradições nativas, encontrei outro grupo que, baseados em sua experiência de comunidade, me apresentou uma realidade nova, vivenciando conceitos de sustentabilidade e, principalmente, o xamanismo transcultural, que é a sabedoria comum entre culturas diversas.

Foi mais ou menos nesta época que tive um sonho sobre construir tambores.

A partir do momento que levei adiante as orientações recebidas, entendi ter a missão de fazer e ensinar a arte do tambor, que é um dos trabalhos que facilito, desde o ano de 2000, tendo hoje mais de mil tambores espalhados pelo país e fora dele.

Participei também de grupos ligados ao Xamanismo Andino e Norte-Americano e trabalhei com grupos de resgate da masculinidade profunda, liderados por Craig Gibsone, da comunidade de Findhorn.

Após realizar a Formação Holística de Base na Universidade Holística Internacional-Unipaz, tive a honra de ser o focalizador de uma das turmas de formação e de ser fundador e conselheiro-gestor do Campus Ilha de Santa Catarina.

Nesta caminhada a vida surpreendeu-me com o reencontro com Juan Uviedo, o xamã que viveu no Equador entre o povo Jivaro, e sua cosmovisão xamânica, o que ampliou o trabalho que realizo na área de desenvolvimento humano, com as leituras dos mapas gestacionais pela abordagem da Cosmologia Energética e a utilização das pedras como aliadas para ativar nosso cérebro e encontrarmos novos caminhos no Jogo das Pedras.

Devido aos atendimentos que realizo com Tamborterapia e Leitura Energética, incluindo os workshops de xamanismo e confecção de tambores, fui buscar mais um recurso vibracional para associar ao meu trabalho. A Formação de Terapeuta Floral dos Florais da Deusa, este passou a ser um complemento sutil e poderoso ao ajudar pessoas nesta reconexão. O reencontro com a idealizadora do sistema, Cler Barbiero, foi o aprofundamento essencial nas artes curativas que fazem parte do meu trabalho.

Cada vivência que ofereço, detalhada no link "trabalhos", está baseada naquilo que aprendi com minha própria experiência como aprendiz. Fiz contatos com muitas outras pessoas que ensinam xamanismo, mas aqui me permiti citar apenas as mais diretamente ligadas ao que pratico atualmente.
Eu sou Ninon e assim falei, hey!